quinta-feira, fevereiro 26, 2004

Filmes À Putanesca

Filmes À Putanesca

Sim, a sessão Filmes À Putanesca novamente presente na Dare To Be Stupid 2.0, dessa vez, com tudo sobre filmes do estilo pornográfico/trash/comédia/tosqueira/nojeira. Para começar bem, vamos resenhar um dos maiores clássicos do gênero: "Assmaster".

Resenha do filme : "Assmaster"

O filme "Assmaster" tem uma tradução bizonha em português, "Molhadas De Prazer", mas é conhecido pelo título original, então será usado esse nesta resenha. Vamos a ela.

O filme é algo de extraordinário na indústria pornográfica. Atores péssimos, atrizes horríveis, gordas, pelancudas. E aquele enredo extraordinário que é comum em filmes pornôs. Porque o filme é tão admirado pela turma do Barraco do Gordo (à qual pertenço), então? Porque é extremamente engraçado. Gargalhante, inclusive.

Há personagens antológicos, como o Executor Anal (um carrasco pelado), os Homens Risonhos (umas bocas em close que aparecem gargalhando junto com Assmaster, uma inclusive parece pertencer ao James Hetfield, do Metallica), a Executora Anal (uma versão feminina e meio gorda e celulitosa do negócio), o Anal Ranger (um super-herói muito bizonho) e o próprio Assmaster, que parece o Charada do seriado do Batman dos anos 60.

Há uma incrível penetração de punho por parte da Executora Anal, enquanto a penetrada faz cara de "num tô sentindo nada". E a magnífica cena do bilhar, uma espécie de "Revolution 9" dos pornôs. Uma supercolagem recheada de risos dos homens risonhos e uma péssima atuação da atriz dos dentes tortos. Bexigas, mesa de bilhar, ridicularidade, taco de bilhar com consolo na ponta, vagina sendo usada como caçapa... E psicodelia, muita psicodelia.

E a melhor parte: bolinhas tailandesas. O Assmaster coloca 3 na vagina de uma mina. Ela devolve uma... e só. A segunda fica só na intenção. O mais engraçado é a cara de desespero da garota ao não conseguir expelir a bolinha.

Assistam. Garanto que ao invés de excitação, terão muitos risos. Recomendado pelo pessoal do Barraco do Gordo. Aliás, o filme pertence ao Gordo, o cabeça, ou a barriga, do Barraco. But anyways...

Em breve mais pérolas do cinema, recomendadas por João, a.k.a. eu.

Comentem, e sugiram pérolas engraçadas/curiosas/nojentas/toscas/ridículas da indústria pornô mundial! Me esforçarei para assistí-las e comentá-las aqui!

Beijo na bunda e até segunda!!!!!!!!

quinta-feira, fevereiro 19, 2004

Adote Um Mullet

Sim, se estamos reestreando a Dare To Be Stupid, obrigatoriamente vamos reestrear o Adote Um Mullet, essa sessão tão querida pelos internautas desocupados que de alguma forma acabam passando por aqui...

Primeiro, vamos à explicação do que é um mullet. Desde os tempos mais primórdios, o ser humano possui cabelos. Por ter esse pêlo na cabeça há tanto tempo, o homem acabou por se cansar do estilo capilar que Deus lhe deu e inventou um negócio chamado corte de cabelo. Haviam vários: o tigelinha, o moicano, o cabelo comprido, o raspado, entre váááários outros. Até aí tudo bem.

Só que, em uma época remota, mais precisamente nos anos 80, a população teve a "brilhante" idéia de unir dois cortes de cabelo em um só. O cabelo curto e comprido, unidos de uma forma bizarra. O esquema é o seguinte: cabelo curto em cima (às vezes arrepiadinho), e comprido atrás, das orelhas para baixo. E foi assim que surgiu o mullet

Esse corte que já foi sucesso e hoje é vergonha mundial é o homenageado por essa sessão da Dare To Be Stupid.

Vamos ao mullet de Michel, amigo de meu quase-cunhado Samuel e sem noção para corte de cabelo.



O esquema do Adote Um Mullet é o seguinte: mande uma foto, em jpg ou gif de você apontando para o mullet adotado. Note que a cara do adotador deve ser de alegria e satisfação, e o mullet deve estar bem visível para apreciação pública. Para mandar, é só entrar em contato comigo via ICQ (66490222) ou e-mail (jp_augusto@hotmail.com) com o assunto "Adote Um Mullet". Okay??? Serão aceitas quaisquer fotos com até resquícios de mullet, certo?

Se você já teve seu mullet adotado e publicado na antiga Dare To Be Stupid, não se preocupe: todos serão republicado aqui, em breve!
Mandem seus mullets, não tenham vergonha de ostentar tão belo penteado!!!!!

Chitão e Xororó ficariam orgulhosos!

segunda-feira, fevereiro 16, 2004

Tipinhos Que Existem Em Toda Sala De Aula

Pra começar bem a republicação dos melhores posts, vamos começar com um dos primeiros que fizeram sucesso, em sua versão revista e alterada. Esse post foi chamado...

Tipinhos Que Existem Em Toda Sala De Aula

O Viado : Sempre há uma bicha em uma sala de aula. Repito,SEMPRE! Mesmo que você ache que não existe uma na sua, ele está lá. Às vezes o cara só tem vocação para o negócio, mas ele sempre está lá, presente, escondido.

O Gordinho : Sempre há o Gordinho da sala. Geralmente um ser simpático e engraçado. Alguém disse Jaime Pallilo?

A Gorda : Sempre há uma gorda na sala. Mas geralmente é abominada, ao contrário do Gordinho. A isso se dá o nome de massismo, a vertente gordurosa do racismo.

A Boazuda : Sempre há a mulher que é a deusa da classe. Mesmo que ela não seja tudo isso, sempre é eleita uma musa da sala, aquela que em comparação ao resto das garotas da sala é um monumento.

O Zé : Alguém que se chama Zé.

O Jão : Alguém que se chama João.

A Monstro : O extremo oposto da boazuda. Aquela que nem mamadaço ninguém pega.

A Anta : O mais burro da classe. Mesmo que seja uma classe de gênios, sempre há o menos dotado de sapiência.

O Vovô/A Vovó : O mais velho da sala. Às vezes é uma diferença de idade berrante, o que deixa a coisa mais bacana ainda.

O Bebê/A Bebê : O mais novo. Às vezes chega ainda de fraldas. Na minha sala de 1º ano de Jornalismo tem uma menina de 16 anos. Know What I Mean? (Hmmmm, meio antigo esse post, não?)

O Chapado : Sempre há aquele ser chapado, que fica só falando merda.

O Engraçadinho : Sempre há aquele que fala junto com o professor, faz suas piadinhas em voz alta, e adora trocadilhos infames. Há a versão "O Engraçadinho Escroto", que é uma variação mais irritante do engraçadinho.

O CDF : Preciso explicar, realmente?

O Desligado : Aquele que não presta atenção na conversa e diz o que vier à cabeça. Pega o bonde andando e quer sentar na janela. Gera diálogos como :
- Fulana é muito gostosa...
- É, mas tem que carregar a bateria do celular, senão acaba.

O Sem Noção : Uma variação do engraçadinho, mas que não sabe quando fazer seus comentários, o que o fode, muitas vezes.

Sua classe tem esses tipos? Quer sugerir algum? Mandar eu tomar no cu? Comente aí, que é de grátis...

Hell Yeah

A Dare To Be Stupid está voltando!!!!!

Fodam-se todos da Globo.com, odeio todos vocêêêês!!!!!!!!!!

Aguardem, pois nessa reestréia, teremos a republicação de posts clááááássicos desse blog tão querido por todos.

Aliás, obrigado a todos pela ajuda, especialmente à Renata, que me indicou esse meio aqui... Milhões de obrigados!!!!!!!

Dare To Be Stupid: Too Tough To Die!