domingo, agosto 22, 2004

Todas As Músicas do Linkin Park Soam Exatamente Iguais


Você já ouviu o "Meteora"? Já, mas quando ele se chamava "Hybrid Theory", e era novidade.


Tá, não todas que são iguais. Mas para provar que a estrutura das canções é pré-fabricada por Chester Bennington & cia, ouçam essa: "Pushing Me Away" e a popular "Numb" tocadas ao mesmo tempo.

Ninguém vai ter paciência de pôr pra tocar dois rádios ao mesmo tempo, então ouçam aqui. Agora digam se não é exatamente igual?

Marcel Silveira Leite já havia nos atentado, mas poucos deram atenção... Pois é, amiguinhos, criatividade anda em falta.

Em breve, muito Azor pra vocês.

sexta-feira, agosto 13, 2004

U.D.R. - O Fundo Do Poço Do Funk Carioca

Já imaginou se as manchetes mais escabrosas do falecido Notícias Populares fossem cantadas em ritmo de funk carioca, por vozes horríveis? Pois bem, isso é mais ou menos a definição do som do U.D.R.

O U.D.R., cujo significado não faço a mínima idéia, é formado por três bobos. Professor Aquaplay, MS Barney (não seria MC?) e MC Carvão, produz pancadões calcados na música eletrônica, 100% caseiro, num estilo bem punk de fazer merda.

Drogas, morte, sexo, escatologia, retardice são o assunto das letras. Cantadas por vozes que nem surdo gostaria de ouvir. Os nomes das músicas? "Bonde da Mutilação", "Bonde da Orgia de Travecos", "Dança do Pentagrama Invertido" e "Vômito Podraço" estão entre os melhores títulos. Segue a letra do "Bonde da Orgia de Travecos"

Bonde da Orgia de Travecos (MS Barney e Professor Aquaplay)

Eu tava com meus mano lá na minha quebrada, chegou o Vanderlei e veio dar idéia errada
ele virou pra mim e fez a proposição: orgia de traveco com scat de montão

Essa é a minha vida, cheirar pó e queimar pedra, trepar com o traveco e depois fumar minha erva. Usando altas drogas e adorando o cão, pregando o satanismo e praticando a felação

Então vem nessa moçada que essa é a nova onda, faz enema no traveco e depois cê lambe a sonda. Durante a orgia rola pó e rola pinga, depois todos se injetam usando a mesma seringa

Saindo do meu trampo, o farol vou avançando, não vou ficar pra trás porque os traveco tão bombando. Tô dando vários pico, com uma pica no cu, chupando um pau preto para a glória do belzebu

Sem orgia de travecos fico triste e deprimido, com orgia de travecos viro soropositivo. Vou fazer um fist fuck entao traz a vaselina. Também traz um meião pra gente cheirar benzina.


Eu tava com meus mano lá na minha quebrada, chegou o Vanderlei e veio dar idéia errada
ele virou pra mim e fez a proposição: orgia de traveco com scat de montão

Orgia de traveco não pode deixar barato, todo mundo toma banho usando porra de macaco. Traveco cirurgião regado a cocaína, remove o meu escroto e injeta solução salina

Durante essa orgia, morderam minha bunda, depois gozei na cara de um anão que era corcunda. A orgia de travecos é uma coisa muito guet, a orgia ta rolando no avião brutal do scat

Eu tava com meus mano lá na minha quebrada, chegou o Vanderlei e veio dar idéia errada
ele virou pra mim e fez a proposição: orgia de traveco com scat de montão


Eles apontam como influências artistas como MC Tati, Rogério Skylab, Missy Elliott, RZO, De Menos Crime, Juvenile, Outkast (como Outkast? Não tem nada a ver!), Zumbi do Mato (falarei deles aqui em breve), e Wesley Willis. Lembra de nosso querido gordão Wesley Willis? Não? Vá aos arquivos da DTBS que cê acha.

Se interessou em tamanha bizarrice? Mesmo que por curiosidade, dê uma passada no site da TRAMAVIRTUAL e ouça esse som estronho e esquésito.

E fiquem ligados, que bizarrice não falta para estar em pauta na DTBS. Se tiverem sugestões tão boas como o U.D.R., poste nos comentários, please. A preguiça impede atualização mais constante. Sem assunto, então...

terça-feira, agosto 03, 2004

Los Beretta - A Volta Dos Que Não Foram, Ou A Ida Dos Que Não Vieram

Na volta pós-preguiça da Dare To Be Stupid, vamos falar dessa superbanda da qual faço parte. Los Beretta. O que fazem? O que comem? Onde vivem? Como se reproduzem? Tudo isso e mais, no post de hoje.

O Los Beretta foi formado em 2003, numa noite quente no popular Barraco do Gordo. A banda era formada em suas raízes por Bam Beretta (vocais), Berão Beretta (bateria, percussão e vocais), Jão Beretta (vocais) e Luiz Beretta (violão/guitarra/baixo/o que mais vier).

Começamos a tocar "Eu Quero Um Grelo", de autoria de Hermes e Renato. Então, compusemos uma composição própria (pleonasmo), "Bam Beretta", cuja letra se perdeu por não ter sido anotada, e só é lembrado o refrão "Bam Beretta... Bam Beretta..." Depois, fizemos uma chamada "Hímem", e foram saindo mais pérolas, "Cê Tem Bruxov", "Comi Minha Mulher", a cover de "A Velha A Fiar"...

Uma noite inesquecível para a música e para a história do rock. Infelizmente, foi a única reunião de Los Beretta, e assim estamos em pausa desde então. Luiz foi demitido (embora não tenha sido avisado disso... Se você estiver lendo isso, LUIZ, CÊ FOI DEMITIDO), e Reis Beretta foi o substituto, não tendo ensaiado com a banda até então. Berão Beretta continuou trabalhando em novas canções para o supergrupo, como "Ricky Martin" e "Ana Francisca", cuja letra você lê agora:

Ana Francisca (Berão Beretta)

Elas andava pelas ruas
Não gostava das calçadas
Muitas vezes atropelada
E morreu obliterada

Pelo caminhão
Super caminhão
De múltiplas rodas
E de alumínio
Entrou na Sabrina
Acertou bem na mina
Que voou na calçada
Decapitada
Dilacerada
Malditada safada AAAAHHHH

Ela andava pelas ruas
Não gostava das calçadas
Ela andava todas nuas
E acabou enrabada

Pelo Tião
Tião Sarobão
De múltiplas bolas
E papo de peru
Foi pra casa do Ju
O barraco do Gordo
E entrou pela porta
chapolim idiota
Que agora é a Fran (4x)

Esta é pra você, Ana Francisca!


Aguardem, em breve, a reunião de Los Berettas e a nova composição "Andolba"!

Comentem e sugiram pautas para novos posts, que meu cérebro está atrofiado, people.