segunda-feira, agosto 08, 2005

Conspiração: Thomas Green Morton, Sérgio Mallandro e "Rá"


Não se engane: por trás desse sorriso, há um grande p(h)oder!


"Serão Sérgio Mallandro e Thomas Green Morton cúmplices na arte do entretenimento bizarro?" Assim começa uma das maiores teorias conspiratórias já boladas em solo brasileiro desde a de que o Orkut vai ser pago a partir de outubro. Leonardo Rorato Lourenço, em seu fotolog, com a ajuda de Rafael "Melão" Cruz, investigou a relação de Thomas Green Morton, o popular "Homem do Rá", que entorta garfos e facas e jura ser paranormal, com Sérgio Mallandro, apresentador (ou projeto de) que dispensa maiores comentários, e não é paranormal, mas com certeza normal não é. Qual a relação? Os dois usam a onomatopéia "Rááááá!" a cada dois segundos ou menos.

"Coincidência ou não, quando gritam "Rááá", ambos me fazem rir!", afirma Léo. Agora, a suposição: será que se eles gritassem ao mesmo tempo, causariam uma falha no espaço temporal e todos os habitantes desta dimensão seriam lançados em uma Terra Paralela controlada por um ditador Mallandro e seu braço direito Thomas Green Morton? Ou vice-versa? Ou versa-vice? Ou virsa-veça? Ou...

Prestem atenção no nome do "homem do Rá": "Green" é referencia à cor das luzes de "Rááá!". Já "Morton" significa "morte" no dialeto Yutchpaka, falado pelos primeiros moradores da região da Chapada Diamantina, famosa por suas aparições de OVNI's talvez por estar sempre ébria e diamantina. "Thomas" é uma homenagem a Thomas Edison, o inventor da luz elétrica e da pipa que não danifica na chuva. Se pensarmos, divagarmos, meditarmos, tomarmos uma garrafa de caninha 51 em uma só talagada, repararemos que seu nome de guerra quer dizer algo como Luz Verde da Morte. Já Sérgio Mallandro... bom, nenhuma referência no nome. Talvez ao Collor, com esses dois "l" no nome. E só.

Thomas Green Morton e Sérgio Mallandro são opostos. Como a luz e a escuridão. O amor e o ódio. Thomas representa o ódio, a tristeza. Mallandro o amor e a alegria. Uma conclusão que pode ser tirada da pesquisa é que os dois são como Deus e o Diabo, Tom e Jerry, Super-Homem e Bizarro, Dave Ghrol e Courtney Love, Bátima e Coringa, Seinfeld e Newman, dor de barriga e banheiro, Noel e Liam Gallagher, Chosen One e Evil Betty, João Kléber e um bom apresentador: são opostos, que trazem equilíbrio ao mundo.

Mas é o "Rááá" nisso tudo? Seriam eles enviados dos seres superiores para a última batalha entre o Bem e o Mal? Aquela que selará com cuspe o destino de todos os seres humanos? Seria Inri Cristo, o Unigênito de Deus, apenas um fantoche para desviar a atenção dos dois citados? Pe. Quevedo seria o juiz de tal disputa? Mesmo tendo comprado seu diploma na Bolívia? E Exu Veludo? Qual seu papel nesse momento decisivo da história da humanidade? E qual a relação entre Thomas Green Morton e Tom Green? Afinal, os nomes são praticamente idênticos.

Só o tempo nos dará as respostas. Enquanto isso, rezem, orem, e sempre façam uma oferenda aos dois homens do "Rá". Um dia, você vai me agradecer (e ao Léo e o Melão) pela dica. Ráááááááááá!

*Adaptado de um post do fotolog do Léo.

6 comentários:

disse...

Só mesmo o Leo pra imaginar uma conspiração estilo "Arquivo X" como essa!

O duro é que agora fiquei com medo do troço ser verdade, acho que nem à noite vou dormir! Caralha, e se eu acordo nessa Terra Paralela?

Léo disse...

Boa noite, João.

Primeiro, devo agradecer pela forma fiel com q vc reproduziu a Teoria do Ráá!.
Segundo, poucos deram importancia a tal conspiração. Mas esses serão os primeiros a sofrerem as consequencias de tais atos.
Mas as evidencias aí estão! Não há como negar. A mensagem subliminar contida no nome de Thomas Green Morton, diz td!
Espero q, agora, com td a notabilidade de seu blog, as pessoas acreditem q um futuro nada agradavel, as espera!
Um abrass, rapá!

rafael "melão" cruz disse...

auhuhahuauhauhauha demais mano...

ainda lembro até hj qndo eu dei inicio nessa teoria.. e depois o léo aprofundou os estudos, e as pesquisas nessa teoria, q pode nos revelar o real significado da risada incontrolável q eu tenhu qndo eu ouço "ráááááááááááááááá".. ahh e tb o destino do universo auhuhauhauh

valeu mano..
abraços pra vc..

uhauha té mais

=p

ps.

Rááááááááááá

Mateus disse...

Caramba!
será que isso tem algo a ver com Age e O Mais Temido?

Andre disse...

Ótima esta teoria. Fiquei impressionado! Creio ainda que o Sérgio Malandro e o Tomás são uma pessoa só. Vocês não pensaram nisto. Só uma uma observação: rá é melhor classificado com interjeição, não com onomatopéia, visto que não é tentativa linguística de imitar algum som natural. André Fernando. Rio de Janeiro

Guilherme disse...

Oi João,
Sua teoria conspiratória faz sentido... Conheço o Thomas a mais ou menos 21 anos... Estudei tudo...
Visite meu ORKUT... Um abraço, Guilherme Bulle