sábado, agosto 13, 2005

Novamente, o blog que mais traz estupidez por centímetro quadrado inova. A partir de hoje, teremos colunistas, com periodicidade indeterminada. Assim, o autor se cansa menos em maquinar matérias mirabolantes, e passa a receber textos prontos, para apenas copiar e colar, e levar todo o crédito pelos mesmos. Mas não é tão fácil assim publicar seu textículo mal-traçado na Dare To Be Stupid: você precisa passar pela minha aprovação. Se quiser fazer este teste de fogo, mande seu texto para jp_augusto@hotmail.com com o título "Coluna Dare To Be Stupid". E aproveite e mande uma graninha também.

A estréia fica com Nikolas Capp, estudante de Jornalismo da PUC-Campinas. Também conhecido como Gláuber, ele assinará a coluna Pinikolas, cujo título me faz ter um ataque de riso sempre que leio. A responsabilidade pelas opiniões contidas nas colunas são total e puramente de seus autores. Já os elogios podem ser endereçados a mim, que eu aceito de bom coração.

Pinikolas

FEBEM, meu bem.

por Nikolas Capp


Os menores da FEBEM posam para as câmeras da Dare To Be Stupid


Mais uma vez os pacatos moradores da ?Fiel-bem? sentiram-se presos demais e resolveram soltar um pouquinho os menores que tinham dentro deles. Para isso, organizaram uma rebelião regada a muito tiro, devido ao pó, que as faxineiras e os carcereiros esqueceram de retirar e as armas que os guardas, distraídos, deixaram cair nas mãos dos pequenos cidadãos de pouca idade.

Os marginais (Tietê-Pinheiros sentido interior. Não o meu!) no mundo contemporâneo e atual de hoje, precisam de mais liberdade, para poderem queimar seus colchões e falar em seus celulares de última geração em paz. Não é possível que um delinqüente juvenil não possa conversar com os manos da quebrada sossegadamente.

Assim como o Michael Jackson, a situação tem que ficar clara, só teremos sossego quando todos os menores de menor forem presos, pois muitos ainda estão à solta, como Nelson Ned e os sete anões. Estes últimos já tiveram a chefe da quadrilha, Branca de Neve, presa em uma redoma de vidro e sedada pela maçã da justiça.
Outros que devem ser capturados são os duendes, entretanto para isso precisaríamos da ajuda do pessoal do reggae, exceto os integrantes da Tribo de Jah, que assim como Stevie Wonder e Geraldo Magela, não conseguiram ver os meliantes.

Justiça deve ser feita, mesmo se for com as próprias mãos antes do banho, pois não podemos deixa-los impunes. Entretanto, devemos lembrar que estes presos são como pedófilos passivos: no fundo tem uma criança dentro. Por isso devem ser reformados, pintados e postos a venda como seminovos.

A ?Fe-good? deve ser para os jovens de alta periculosidade uma espécie de anticoncepcional do crime e não um Viagra. O sonho ainda não acabou e ainda tem queijadinha e brigadeiro na geladeira. Não devemos desistir de ver as nossas crianças longe das drogas, pagodes e funks em geral.

4 comentários:

disse...

Grande, comprido e veiúdo esse artigo de nosso amigo Gláuber! Queremos mais matérias sobre os jovens da FEDEM! Com muita maionese e pimenta mexicana!

nikolas disse...

Muito obrigado!!!!!é com grande satisfacao que agradeco esse breve mas imponente comentario do nosso grande mestre zeh..tb queria agradecer os outros comentarios que lotam essa caixa , agradecer as posicoes ( sempre de quatro) dos senhores que com embasamento tecnico, quase que piscografam comentarios sobre meu texto!!! muito aobrigado!!!grato se mais...

Baiano disse...

O sem-número de trocadalhos do carilho postados nesse artigo são assaz engraçados.

Para quem quiser ler as confissões de um abstêmio por falta-de-opção, visite o Um Baiano em Campinas, onde relato o início de minha abstinência alcoólica.

Róger disse...

Fiquei sem palavras para comentar esse texto maravilhoso de nosso amado Gláuber...