sexta-feira, janeiro 26, 2007

O Brasil é uma nação de tradutores



Provavelmente, você tem pelo menos um amigo com dificuldades em falar outro idioma. E entre os idiomas, o inglês é o que traz mais situações hilárias quando mal traduzido. Como exemplo próximo, tenho o Diego "Chapolim" Gusmão, que conseguiu cravar a expressão "What's happening hoppening?", na tentativa de dizer "O que aconteceu?".

E a internet nos traz mais inúmeros exemplos de traduções realmente bizonhas. Mas meu irmão Zé Victor (o 50 cent frustrado skatista) me apresentou uma pérola digna de tradução do finado Piores Clipes do Mundo, de quando o Marcos Mion ainda era magrelo e engraçado.

A pérola é de algum gênio cadastrado no letras.mus.br, do Terra. A música em questão é Let's Go To War, dos Murderdolls. Notem as traduções ao pé da letra, as frases mal interpretadas, entre outros... segue a tradução simultânea. As pérolas maiores estarão em negrito.

Murderdolls - "Let's Go To War"

I'm the motherfucking wrench
Thrown in the gears
Everything was great 'til I got here
I'm a bad guy inside and out
Put your faith in me and I'll spit it out
And I admit, I'm a basket case
With lipstick smeared across my face
Cocked and loaded, can't shut me up
Blame it on the music to cover it up

Eu sou a torcedura do filho da puta
Lançado nas engrenagens
Tudo era grande onde que eu adquiri aqui
Eu sou um sujeito ruim dentro e fora
Ponha sua fé em mim e eu cuspirei isto fora
E eu admito eu sou um idiota
Com batom coberto por minha face
Levantei e carreguei, não me pode calar
A culpa foi da música que cobriu isto


Hey stupid, don't suck your thumb
Take your diaper off and put your helmet on
Destroy til there is no more
Put your helmet on let's go to war
Let's go, let's go, let's go, let's go

É tão estúpido não chupar seu dedo polegar
Que sua fralda se vá e vc vista seu capacete
Destrua onde há nenhum mais
Vista seu capacete,vamos para guerra
Vamos, vamos, vamos, vamos


Some things are better left unsaid
But I'd like to see a bullet in your head
Charge the damage to my card
And I'll see you on the graveyard BLVD.
Have a boot to the face, it's on me
Hard to talk shit with no fucking teeth
Spit 'em out, spit 'em out all in a row
So pucker up sucker here's one for the road

Algumas coisas permanecem melhor não ditas,
Mas eu gostaria de ver uma bala em sua cabeça
Carregue o dano a meu cartão
E eu o verei no bulevar do cemitério.
Tenha uma bota ao escurecer e se sente em mim
É duro falar, se cague com seu dentes
Cuspa fora, cuspa fora todo seguidos
Assim enrugue ventosa, aqui é a pessoa para a estrada


Hey stupid, don't suck your thumb
Take your diaper off and put your helmet on
Destroy til there is no more
Put your helmet on let's go to war
Let's go, let's go, let's go, let's go

É tão estúpido não chupar seu dedo polegar
Que sua fralda se vá e vc vista seu capacete
Destrua onde há nenhum mais
Vista seu capacete,vamos para guerra
Vamos, vamos, vamos, vamos


Shut your face and open your eyes
Your whole fucking life was a lie
And everything that you stood for
Just had its ass kicked ou the door
Well I am rubber and you are glue
I'll beat the motherfucking shit outta you
You're pro-life and I'm pro-death
And I'll throw you from the tree

Feche sua face e abra seus olhos
Sua vida de fudedor era uma inteira mentira
E tudo que você agüentava
Há pouco tido é asno expulsado pela porta
Bem eu sou borracha e você é cola
Eu baterei no filho da puta que se caga longe de você !!!!!!!
Você é a favor da vida e eu sou a favor da morte
E eu o lançarei da árvore
E quebra seu pescoço que você fode

And break your fucking neck

Hey stupid, don't suck your thumb
Take your diaper off and put your helmet on
Destroy til there is no more
Put your helmet on let's go to war
Let's go, let's go, let's go, let's go

É tão estúpido não chupar seu dedo polegar
Que sua fralda se vá e vc vista seu capacete
Destrua onde há nenhum mais
Vista seu capacete,vamos para guerra
Vamos, vamos, vamos, vamos


Não é simplesmente uma obra de arte? Vamos rever o melhor momento? Replay, please:

I'll beat the motherfucking shit outta you = Eu baterei no filho da puta que se caga longe de você


É realmente digno de Vinícius de Moraes.

Bonus track - Dança da Bundinha (The Booty Dance)

quinta-feira, janeiro 18, 2007

Mtv 2007 - Alta Fidelidade Clipística - Volume 1

Parece que em 2007 algo inimaginável vai realmente acontecer: a Mtv vai parar de passar clipes. E vai continuar com o mesmo nome? Music Television, mas sem a música. Bacana... Super coerente, a televisão brasileira.

Como isso vai acontecer em breve, e prevejo que o Youtube em breve também deve ser bloqueado mesmo que não deja devido ao fogo na bacurinha da Cicaralha, vou fazer aqui minha lista Alta Fidelidade de videoclipes que são fodões. E enumerarei os motivos do grau fodístico de tais obras de arte. Aqui vão 10, depois eu mando mais 10. Ah, recomendo as músicas também.


Chemical Brothers - "Let Forever Be"
O clipe mostra o dia-a-dia de uma moça e as visões psicodélicas que começam a perseguí-la. Belos efeitos e ótima coreografia, e a moça também não é de se jogar fora. Aliás, as moças.


Sum 41 - "The Hell Song"
Não tem grana para contratar celebridades para o seu clipe? Simples, use os bonequinhos deles! E não apareça no clipe: cole fotos 3x4 em bonecos G.I.Joe que fica bem mais bacana! Mostra como não é preciso de muitos efeitos pra se fazer um bom videoclipe. Fique atento para as participações de Snoop Dogg, Ozzy e Spice Girls.


Red Hot Chili Peppers - "The Zephyr Song"
Ótima banda, ótimo clipe, ótimos efeitos. Feito com caleidoscópios e espelhos. Dá tontura, dependendo do espectador. E segundo meu amigo Túlio, se você olhar sempre no meio da tela, vai ver várias representações de vaginas. Mas a mente dele é perturbada.


Supergrass - "Pumping On Your Stereo"
Marionetes dominam o clipe, a única parte humana que aparece no vídeo inteiro é a cabeça dos membros da banda. O Gaz Combes tá muito Mick Jagger, tanto na música quanto no clipe. Muito bem produzido. Nota 10.


Strokes - "Reptilia"
Clipe com ângulos ousados e filmagens bizarras, todas em close. Foge do velho "banda tocando e pronto". É a banda tocando e pronto, mas você pode ver até detalhes do All Star de Fabrizio Moretti.


Autoramas - "Você Sabe"
Brinca um pouco com o nome da banda. O autorama vai sendo desmontado até se transformar em um carro em alta velocidade, com ótimos efeitos.


Blink 182 - "Always"
Esse clipe é impressionante. A tela se divide em três, cada faixa com um dos integrantes da banda fazendo a mesma atuação. Ótima edição, especialmente quando a câmera gira em volta dos três, e cada faixa da tela está em um cômodo da casa.


Andrew WK - "We Want Fun"
Esse clipe na verdade não é tão maravilhoso assim, mas tenho vários motivos (estritamente pessoais) para adorá-lo. Alguns deles: a presença dos caras do Jackass; a zona feita no meio do nada; a semelhança com a zona que aprontávamos no Barraco do Gordo, em SP... entre outros.


Sepultura - "Convicted In Life"
Um dos mais recentes, mostra os animais tendo sua vingança no inferno... A representação do inferno é incrível, e os membros da banda apodrecendo também. Especialmente o solo "sem mão" do Andreas Kisser.


Foo Fighters - "All My Life"
Esse clipe é demais pelo uso de luz e sombra, cores, tudo mais. O uso do branco/preto/vermelho é foda... e eles começavam os shows assim, na época. Puta jeito de começar um show.

Aguardem o volume 2, com mais 10 clipes. Aí, copiem as Mp3 das músicas que dá pra gravar um CDzinho bacana, bem eclético, com ótimas músicas...

PS - O Arnaldo Branco é foda.