quarta-feira, abril 25, 2007

NP tem mais filhos que Bob Marley


Não é um sonho de jornal?


Outro filhote de Notícias Populares vem à tona (agradeço ao Paulo Cavalcanti pela dica): o Hora H, jornal carioca que possui muita influência do extinto NP. Vou transcrever a primeira coisa que li ao abrir o site, pois é simplesmente incrível.

Que vaginão, hein!

Mulher é presa em presídio de Japeri
com dois celulares, duas baterias,
dois anéis, carregador, relógio, fone
de ouvido e chip em sua genitália


Um jornal que coloca como manchete principal algo como Homem enfurecido corta o próprio ‘pau’, e na edição de sábado mostra fotos (em cores!) de 5 pessoas mortas, sendo que uma delas decapitada, merece palmas!

Visite o site do Hora H e comprove que o espírito do NP é que nem o bebê-diabo: não morre nem ferrando, e ainda te pede carona pro inferno.

terça-feira, abril 24, 2007

A extinta graça do Casseta e Planeta


A melhor capa da Casseta Popular de todos os tempos


Essa maravilhosa obra-prima do trocadeiro brasilho é de logo que as trupes da Casseta Popular e do Planeta Diário se uniram pra formar o Casseta e Planeta. Essa matéria, uma das minhas preferidas, foi publicada na revista Casseta e Planeta nº 2. Deixou saudades a época. Recomendo também os ótimos discos deles, "Preto Com Um Buraco No Meio" e "Pra Comer Alguém". É fácil encontrar pra download na internet. O que a Rede Glóbulo não faz com bons humoristas, hein...

Grandes Personagens Da Nossa Química
Aldeído Fenol (*1920 +1974)

Filho bastardo da ligação covalente de um gás nobre e uma substância pura, que não soube usar a tabelinha periódica, Aldeído Fenol ficou conhecido por seu temperamento explosivo, já que costumava provocar reações eletrolíticas sempre que alguns maus elementos, ou metais da pesada, como o trio Bismuto (Bi), Irídio (Ir) e Tálio (Ti), discordavam dele.

Empresário de sucesso, era conhecido como o "rei da segunda via", por causa da enorme quantidade de complexos de carbono que vendia em escritórios e repartições. Mas com o advento do Xerox, Aldeído foi à bancarrota e conheceu a miséria.

Em situação deplorável, teve que se sujeitar a tudo, tendo, inclusive, entregado seu anel benzênico a diversos elementos, como os famigerados Paládio (Pd), Molibdênio (Mo) e Cádmio (Cd), que não dispensaram a oportunidade de meter-lhe o Ferro (Fe). Comenta-se que até o Titânio Arnaldo Antunes e o eterno craque Zinco estiveram naquele Cobre (Cu). O contato com metais de transição, que jamais desejaram uma ligação estável, fizeram de nosso saudoso Fenol uma figura insípida, inodora e incolor. Aldeído vivia na maior água.

No início dos anos 70, enveredou pelo caminho das drogas, cheirando polímeros e fazendo uso de um ácido de alto PH que tirava os seus nêutrons de órbita. Desempregado, nas CNTP vivia em estado sólido, mas, mesmo duro, Aldeído não conseguia abandonar o vício, queimando suas parcas economias ao vender as suas últimas propriedades químicas.

Numa triste tarde de outubro, Aldeído foi preso e levado para uma cadeia molecular de segurança máxima. Lá recebeu uma pressão de um vapor, que havia lhe adiantado uns compostos orgânicos. Depois de uma acalorada (+ ou - 360º Fahrenheit) discussão, o marginal partiu para a violência e, usando sua massa molecular, trucidou o pobre Aldeído Fenol, que não teve tempo nem para uma simples reação iônica.

terça-feira, abril 17, 2007

Vivo e chutando

Não, o blog não morreu, caso você sempre pense isso quando clica no link da Dare To Be Stupid. Se você entra aqui apenar por curiosidade mórbida, pode tirar o cavalinho da chuva.

Em aproximadamente quinze dias, uma mega-reforma no blog que você conhecia como Dare To Be Stupid. Sim, conhecia, pois até o nome vai mudar. Depois da maledeta pesquisa que fiz, percebi que só eu mesmo posso arranjar um nome que me satisfaça completamente. O nome sugerido por leitores que foi mais aplaudido foi "MiJão". Só por aí, já dá pra se ter uma idéia, não? Pois é, o nome já está definido: Ouse Ser Idiota. Nada mais é que Dare To Be Stupid adaptado para o português, como o Mateus Reis já tinha me aconselhado há tempos atrás.

O endereço vai mudar em breve, então já se preparem: atualizem seus bookmarks com http://www.ouseseridiota.blogspot.com

Aguardem, novas sessões, novos links, menos Youtubes, mais textos, e o mesmo idiota que vos fala.

quarta-feira, abril 04, 2007

terça-feira, abril 03, 2007

Por dentro (literalmente) dos Toons

Você algum dia ,enquanto assistia desenhos animados na TV, pensou algo como "Porra, esse Charlie Brown tem uma cabeça enorme!" ou "O Barney Rubble é atarracado, hein..."? Se você pensou, ou não estava prestando atenção no desenho, ou estava bêbado. Ou ambos.

Mas, se pensou alguma coisa do tipo, e quiser ver o esqueleto do Pikachú, Betty Boop, entre outros cartoons, conheça o maluco Michael Paulus. Ele fez um estudo do esqueleto de inúmeros personagens, e tá tudo no site do cara. Vale a pena. É praticamente um freakshow.


Raio-x no Pokemón! Pika Pika!