quinta-feira, novembro 08, 2007

E agora, para algo completamente diferente.

Finalmente, algum texto depois dessa avalanche de Youtubes da vida. O Youtube fez um favor aos blogueiros: não tendo o que dizer, é só tascar um vídeo, e está feito seu post. Como eu reconheço que isso é fácil demais, vamos aos meus últimos pensamentos sujos em relação ao universo e tudo mais.



O SBT voltou a exibir o programa que desvirginou muitas mãos inocentes no final da década de 90. Nas madrugadas, sob o comando de Helen Ganzarolli e um bobo desconhecido (o cara da esquerda da foto já rodou), está de volta o inesquecível Fantasia. Agora, as infinitas mocinhas bonitas trajam apenas um biquininho e uma pequena canga. Droga, porque não era assim na minha época de adolescente? Eu tinha que me contentar com as blusinhas e shortinhos... se bem que eu não reclamava nem um pouco. Entendo muito bem o porquê do nome do programa.

******




Eu acho a Rihanna muito melhor que a Beyoncé. Guilty pleasure. A Beyoncé pode ser uma gostosona, mas a Rihanna... é muito lindinha. E alguém se importa com a minha opinião? Nope! Mas pra isso serve um blog.

******




Finalmente consegui comprar a Revista M..., na Av. Paulista. E, pra variar, estava na sessão pornô. É só ter uma mulher semi-nua na capa (no caso, a Regininha Poltergeist, recém atriz pornô), e pronto: tacam na sessão pornô. Porque a Rolling Stone com a Grazzi peladona não foi parar lá? Enfim: a revista tem textos de Gabriel, O Pensador, Rosana Hermann, e entrevistas com a já citada Regininha, Tico Santa Cruz, dos Detonautas, e o (ou a) Lacraia, com fotos de macho. Recomendo.

******


Por falar em putaria, aguardem um post com o melhor e o pior dos vídeos pornôs que circulam no Pornotube, no Youporn, entre outros sites de hospedagem. Porque disso, eu entendo.

******


Para fechar com chave de... de... enfim, fechar com chave, um vídeo do Puff Daddy do momento, o cara que por osmose faz sucesso, o Kenan do pop, o rapaz que chupa canções famosas e frequenta o hit-parade gozando com o pau dos outros: Sean Kingston. A primeira canção descaradamente pegava "Stand By Me" e destruía. A nova, "Me Love", é uma cópia de "D'yer Maker", do Led Zeppelin. Vejam se conseguem assistir até o fim. Eu não consegui.




Pára de roubar música dos outros, maconheiro de merda!

domingo, novembro 04, 2007

sexta-feira, novembro 02, 2007

É tudo "ão".

Quem descobrir o que o Latino, rei dos reis, canta no refrão de "Sem Noção", ganha um doce. Eu já consegui distinguir as palavras "Queridinho" e "Playmobil".



Que malão, que melão, que capozão! É tudo "ão"!
O Latino sempre me surpreende. Que venham mais. Já que o Supla Zoo Papito não está em voga atualmente... Dois mestres do cancioneiro popular.