sexta-feira, setembro 03, 2010

O meteoro do Luan Santana

Olá, amiguinhos. Estava cá eu com meus botões e alavancas quando não menos que de repente me veio na cabeça a canção "Meteoro", do fenômeno adolescente heterossexual (que diz adorar mulher assim como Junior Lima) Luan Santana. O refrão dessa música é pegajoso como chiclete de piche no inverno quente paulistano. Resolvi então ouvir a música inteira (não, eu nunca ouvi inteira) e analisar essa bela letra para vocês, queridos 3 leitores. Vamos lá nos torturar?

"Meteoro", by Luan Santana

"Te dei o sol, te dei o mar, pra ganhar seu coração"
Primeiramente, Luan, você não é o Darkseid ou algo assim para conseguir dar o sol e o mar para seu interesse sexual. Seja prático e dê um lance no leilão de César Menotti. Ele tá precisando.

"Você é raio de saudade, meteoro da paixão"
Novamente com essas comparações: primeiro pegou o sol e o mar, e agora vem com um meteoro de paixão. Um meteoro de pégasuuuuuuuuuuus seria mais eficaz.


"Meteoro não, Aerolito! Ae-ro-li-to!"

"Explosão de sentimentos que eu não pude acreditar, ah! Como é bom poder te amar"
Muito bélico você, hein, Luan. Raios, meteoros, explosões. Essa música podia ser trilha d'Os Mercenários. Faltaram uns tiros e amor e facadas de emoção.

"Depois que eu te conheci fui mais feliz, você é exatamente o que eu sempre quis"
Tenta mais, moleque. Você consegue fazer uma rima melhor do que "feliz" com "quis". Faltou rimar com "nariz" pra ficar coisa de aluno da 2a série.

"Ela se encaixa perfeitamente em mim, o nosso quebra-cabeça teve fim"
Se teve fim, então terminou, né? Pode terminar a música então. Chega.

"Se for sonho não me acorde, eu preciso flutuar"
E se não for sonho? Daí pode te acordar? Mas se não é sonho, você não estaria dormindo, estaria? Confuso.

"Pois só quem sonha consegue alcançar"
Ou seja, quem sonha fica mais alto.

"Te dei o sol, te dei o mar pra ganhar seu coração"
Megalomania novamente.

"Você é raio de saudade, meteoro da paixão"
Me dê a sua força pégasuuuuuuuuuuuuusss... talvez um pó de diamante da ilusão em um próximo sucesso, que tal? Eu ligo pro teu empresário, aguarde.

Meteoro da paixããããããããããão...

"Explosão de sentimentos que eu não pude acreditar Ah! Como é bom poder te amar"
É, eu tinha entendido da primeira vez.

"Depois que eu te conheci fui mais feliz, você é exatamente o que eu sempre quis"
É, eu tinha entendido da primeira vez. Continua ruim.

"Ela se encaixa perfeitamente em mim, o nosso quebra-cabeça teve fim"
Com encaixa ele está se referindo ao catraco, ao furunfo, à foda propriamente dita? Olha o Luan aê ó.

"Se for sonho não me acorde, eu preciso flutuar"
"Pois só quem sonha consegue alcançar"
Repetitiva essa música, né?

"Te dei o sol, te dei o mar Pra ganhar seu coração
Você é raio de saudade Meteoro da paixão
Explosão de sentimentos Que eu não pude acreditar Ah! Como é bom poder te amar"
Puta que me pariu, outra vez?

"Tão veloz quanto a luz pelo universo eu viajei"
Aê, Surfista Prateado do sertanejo universitário!

"Vem me guia me conduz que pra sempre te amarei ..."
Eis que a música dá uma reviravolta e vira gospel! Aleluia, Jeová!

'Até te guio, Luan, mas teu amor eu dispenso. Pode pagar em cash?'

"Te dei o sol, te dei o mar Pra ganhar seu coração
Você é raio de saudade Meteoro da paixão
Explosão de sentimentos Que eu não pude acreditar Ah! Como é bom poder te amar"

"Te dei o sol, te dei o mar Pra ganhar seu coração
Você é raio de saudade Meteoro da paixão
Explosão de sentimentos Que eu não pude acreditar
Ah! Como é bom poder te amar
Ah! Como é bom poder te amar"
E repita quantas vezes for necessário após o enxague.

14 comentários:

R.R.Melo disse...

Simplesmente incrível, eu adorei seu sarcasmo ou seria senso de humor? É impressionante!!
Sou sua fã..rsrs

Beijos

Daniel Rodrigues disse...

Entrei no quarto da minha filha de 11 anos e ela tava vendo luan santana no youtube.

ai que saudades do tempo em que a lei da palmada não existia.

Abs
Daniel Rodrigues

Zé disse...

Jão do céu, isso não é uma música...É UMA ARMA DE DESTRUIÇÃO EM MASSA!

Se esse país fosse um país sério, a Vigilância Sanitária deveria prender o Luan Santana! VADE RETRO!

Tássia Fernanda disse...

kkkkkkkk!!! Vc foi espetacular!
Agora imagina a versão cantada por Aviões do Forró??!!
A Segurança nacional devia proibir essa alusão ao terrorismo...

Adélia Lopes disse...

João, meu caro! Sua análise sintática, morfológica e psicológica desta pérola da música breganeja foi simplesmente impecável! Armadinejhad deve ser fã do muleque!

luiz santos disse...

que legal, a gente tem que mudar mesmo e se arriscar mais. obrigado voce é demais.
luiz

Dolly disse...

Huahahaha.Conseguiu ir bem fundo na sua análise!Nem Luan Santana imaginava a profundidade e grandiosidade da letra de sua música.
Um abraço!

Anônimo disse...

Simplesmente fantastico! Vc fez o que todos nós gostaríamos de ter feito.

Anônimo disse...

Não entendo pq o "engraçadinho" tem que ser sarcastico com as pessoas. Tb não curto as músicas de Luan Santana mas pq tentar ser engraçado atingindo as pessoas?
Eu não vejo falta de respeito como humor.

Débora Lopes disse...

Anônimo, falta de respeito é esse tipo de música. Uma ofensa às minhas faculdades mentais.

tentativasdetraducao disse...

Ahahaha excelente, obrigada por "traduzir" toda essa poesia para nós, seus 3 leitores rs

Fernando Barone disse...

Esqueci de comentar isso na época, mas aguardo a análise de "As Quatro Estações" da entidade SandyJúnior

Anônimo disse...

hahahah, mandou muito bem!

Anônimo disse...

Eu que sou esquizofrênico, falo coisas mais correntes nos meu momentos de crise do que essa musica sem sentido do Luan Santana